LARANJO.png

BLOG

OFICIAL

perfil.png

Você pode entrar ou cadastrar uma conta no botão ao lado para interagir com os posts!

Como melhorar a sua autoestima

Conheça 3 dicas simples que trabalham sua inteligência emocional e aumentam sua admiração por si mesmo

A autoestima é uma avaliação pessoal que alguém faz de si mesmo, podendo ser mais positiva ou negativa. Isso envolve avaliar suas próprias crenças e aprendendo a aceitar suas qualidades, defeitos, realizações e limitações.

Porém, com a grande exposição atual de cada detalhe da vida pessoal, principalmente nas redes sociais, é comum que o ambiente externo influencie nessa avaliação.

A opinião negativa de outras pessoas, seja nas relações pessoais ou no trabalho, pode acabar afetando negativamente os seus pensamentos e a sua autoestima e causar quadros de ansiedade e até depressão. Mas é possível evitar que isso aconteça!

Invista no autoconhecimento

O primeiro passo para gostar mais de si mesmo é conhecer-se e entender-se para construir uma relação harmoniosa com tudo que você representa e acredita.

Uma dica valiosa da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional é criar uma lista com as opiniões negativas que você ouviu e questionar-se sobre a veracidade delas, comparando-as com suas qualidades e feitos do qual se orgulha. Isso irá te ajudar a distanciar-se de opiniões vazias e irrealistas e também a trabalhar em suas falhas sem deixar se definir por elas.

Não se cobre tanto!

Uma das piores inimigas da autoestima é a necessidade de perfeição. Se esforçar e se dedicar para fazer as coisas sempre da melhor forma é um ponto positivo, mas é preciso entender que ninguém é perfeito e falhas irão acontecer.

Errar faz parte do desenvolvimento humano. Por isso, não se martirize e nem se diminua quando os erros acontecerem. Encare como uma chance de recomeçar e criar novas oportunidades.

Entenda a individualidade de cada um

Criar comparações entre você e outras pessoas, seja quanto à aparência, habilidades ou mesmo aquisições, é um modo de minar a sua autoestima e colocar-se para baixo.Cada ser humano terá suas próprias conquistas e será responsável pelo seu sucesso e felicidade. Dessa forma, é válido concentrar-se para trabalhar sua inteligência emocional e se valorizar por suas singularidades.

Vale lembrar que um profissional da área de psicologia  também pode te auxiliar nesse processo.

FONTES:

Baixa autoestima: aprenda a combatê-la, Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional

#autoestima #psicologa

1 visualização0 comentário