top of page
LARANJO.png

BLOG

OFICIAL

perfil.png

Você pode entrar ou cadastrar uma conta no botão ao lado para interagir com os posts!

O que é certificado digital e para que serve?

O certificado digital tornou-se uma ferramenta indispensável para as empresas, já que ele é necessário para diversas ações como emitir notas fiscais, acessar serviços do governo, assinar contratos digitais, entre outras.


A assinatura digital permite identificar a empresa em transações, assim como acontece com as assinaturas em papel, protegendo assim a empresa de fraudes e outros problemas.


A seguir, você verá mais detalhes sobre o certificado digital e suas aplicações.


O QUE É CERTIFICADO DIGITAL?


O certificado digital é uma ferramenta que permite identificar pessoas físicas ou jurídicas por meio de uma assinatura eletrônica.


Ele serve para realizar diversas ações no meio digital através dessa identificação.


Essa certificação surgiu a partir da Medida Provisória nº 2.200-02, de 24 de agosto de 2001, que regularizou o uso da assinatura digital para a validação de documentos digitais no Brasil.


Essa assinatura é necessária para vários processos, como:

  • Emissão e download de documentos fiscais eletrônicos;

  • Assinatura de contratos digitais;

  • Fazer login em alguns sites do governo; entre outros.


COMO FUNCIONA O CERTIFICADO DIGITAL?


Existem dois tipos de mídia existentes para o certificado digital: A1 e A3.


O certificado A1 é totalmente digital, ou seja, fica instalado no computador ou servidor da empresa, e isso facilita muito a rotina de empresas que movimentam um grande volume de documentos mensais.


Já o certificado A3 fica armazenado em um token USB ou cartão, e pode ser levado de forma física para qualquer lugar.


No entanto, para funcionar é preciso que esteja plugado no computador, o que é um grande problema quando se tem a necessidade constante de usá-lo.


TIPOS DE ASSINATURA DIGITAL


Existem várias modalidades diferentes de certificados, que suprem as necessidades específicas de pessoas e de empresas. Independente do tipo, eles podem ser encontrados tanto como A1 quanto como A3.


Os tipos de assinatura digital mais conhecidos são:

  • Certificado e-CPF: comprova a identidade de uma pessoa física, e permite realizar ações como a assinatura de documentos e contratos, redação de procurações, entre outras.

  • Certificado e-CNPJ: comprova a identidade de uma pessoa jurídica, e só pode ser utilizado pelo responsável do CNPJ. É usado para assinar documentos, realizar procurações, acessar serviços do governo, entre outros.


POR QUE É NECESSÁRIO QUE A EMPRESA TENHA UMA ASSINATURA DIGITAL?


Toda empresa que emite ou recebe notas fiscais precisa de um certificado digital, isso porque ele é obrigatório tanto na emissão do documento, quanto para baixar na SEFAZ.


A agilidade para lidar com processos financeiros, contábeis, fiscais, de recursos humanos, entre outros, também é um ponto positivo da assinatura digital, já que não será preciso imprimir o documento, assinar, escanear e reenviar.


Por fim, várias instituições e órgãos governamentais exigem o certificado para ter acesso à sites e serviços, o que enfatiza ainda mais que o certificado é uma necessidade para as empresas.


COMO ADQUIRIR UM CERTIFICADO DIGITAL


O certificado digital deve ser feito por uma Autoridade Certificadora (AC) credenciada pela ICP-Brasil, elas são encontradas na própria internet, onde pode ser feita a compra do certificado.


Alguns locais também possibilitam a compra na Associação dos Contabilistas do município.


Ao fazer a compra do certificado, é preciso estar atento à alguns pontos importantes:

  • Tipo do certificado (ele precisa atender as necessidades da empresa);

  • Mídia A1 ou A3 (sendo que o A1 é mais flexível por não precisar plugar sempre que for utilizar);

  • Prazo de validade.


Após fazer a aquisição do certificado, a AC escolhida mandará informações sobre como ativá-lo.


Em geral, esse processo envolve a ida do responsável legal pela empresa até uma Autoridade de Registro (AR) credenciada, para a identificação pessoal.


Já a renovação do certificado é mais simples, pois geralmente pode ser feita de forma completamente online, mas é recomendado que seja feito com uma antecedência de 30 dias para garantir que não haja pendências quanto à documentação.


CONCLUSÃO


Várias ferramentas do governo e operações como a emissão e recebimento de nota fiscal dependem da assinatura digital, portanto, o uso do certificado é uma necessidade para as empresas.


Existem vários tipos de certificados, dentre eles, os mais comuns são o e-CPF e o e-CNPJ.


Além dos tipos, também existem mídias de armazenamento diferentes, sendo que o A1 é totalmente digital, e o A3 se trata de um token físico.


Para adquirir um certificado, é preciso buscar uma Autoridade Certificadora (AC) credenciada pela ICP-Brasil. Existem várias ACs diferentes para que as empresas escolham aquela que traz o melhor custo-benefício.


Fonte: Conexão NF-e.

22 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page