LARANJO.png

BLOG

OFICIAL

perfil.png

Você pode entrar ou cadastrar uma conta no botão ao lado para interagir com os posts!

Pix Saque e Pix Troco são regulamentados e começam a valer nesta semana

O regulamento do Pix foi alterado pelo Banco Central, por uma boa razão: tornar as modalidades Pix Saque e Pix Troco oficiais. Ambas estão disponíveis desde segunda-feira (29/11) e permitirão a estabelecimentos comerciais de todo o país oferecer a seus clientes saques de dinheiro atrelados ao Pix.


Os dois serviços estão sendo liberados ao mesmo tempo por terem o mesmo propósito: ampliar o número de pontos para saque de dinheiro em espécie.

Caixas eletrônicos de redes tradicionais também poderão trabalhar com essas modalidades, mas elas foram criadas principalmente para serem oferecidas em padarias, supermercados, lojas de conveniência, postos de gasolina e assim por diante.


Diferença entre Pix Saque e Pix Troco


O Pix Saque é a modalidade que permitirá ao consumidor sacar um valor no caixa de uma loja, por exemplo. Para tanto, a pessoa deverá fazer a leitura de um QR Code no aplicativo da sua conta para o valor a ser sacado ser transferido via Pix ao estabelecimento. Depois disso, o valor poderá ser retirado em espécie.

A lógica do Pix Troco é muito parecida. A diferença é que o valor a ser sacado estará atrelado a uma compra no estabelecimento. O cliente poderá, como exemplo, pagar R$ 100 por um item que custa R$ 30 e receber os R$ 70 restantes em dinheiro.

Nenhum comércio é obrigado a oferecer o Pix Saque ou o Pix Troco (ou ambos). No entanto, a expectativa é a de que as novas modalidades sejam bem aceitas por estabelecimentos comerciais no decorrer dos próximos meses.

Uma das razões para esse otimismo está na possibilidade de os saques via Pix levarem consumidores para dentro das lojas. Outra é a previsão de que a quantidade de dinheiro em espécie disponível em caixa no final do dia será menor.

As empresas participantes também poderão receber uma tarifa cujo valor pode variar entre R$ 0,25 e R$ 0,95 em cada operação de saque realizada — tudo dependerá do acordo fechado com a instituição financeira com a qual o estabelecimento se relaciona.

Note que o Pix Saque e o Pix Troco acabaram de ser regulamentados, portanto, os dois serviços começam a valer sem empresas participantes. Em outras palavras, é improvável que você encontre lojas oferecendo saques via Pix logo no primeiro dia de funcionamento dessas modalidades.


Limites de valores e saques


O Pix Saque e o Pix Troco terão limites de valor para saques: até R$ 500 por dia ou, se o procedimento for realizado entre 20:00 e 6:00, até R$ 100. Note, porém, que lojistas poderão estabelecer limites inferiores a esses, o que deve acontecer principalmente em pequenos negócios.

Os estabelecimentos poderão ainda definir horários de funcionamento para o Pix Saque e o Pix Troco.

Além disso, não haverá obrigação de disponibilidade de valores: se uma loja não tiver uma nota de determinado valor ou dinheiro suficiente para o saque, por exemplo, a transação poderá ser recusada.

Tanto pessoas físicas quanto MEIs (microempreendedores individuais) poderão fazer até oito saques gratuitos por mês.


Fonte: Tecnoblog, por Emerson Alecrim.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo