LARANJO.png

BLOG

OFICIAL

perfil.png

Você pode entrar ou cadastrar uma conta no botão ao lado para interagir com os posts!

Mais de 227 mil cartões de crédito de brasileiros estão à venda na dark web

A fornecedora de redes virtuais privadas NordVPN analisou detalhes de 4 milhões de cartões de pagamento que foram encontrados por pesquisadores independentes à venda na dark web. E descobriu que 227 mil pertencem a brasileiros. A pesquisa analisou dados de 140 países que sofreram o maior número de vazamentos, quais tipos de cartão são mais vendidos em diferentes países e o custo médio dos dados de cartões de diferentes países.


Entre as principais descobertas desse levantamento estão detalhes dos 227.353 cartões de pagamento encontrados à venda que pertenciam a brasileiros. A média de preço dentre todos os cartões encontrados foi de US$ 9,70. O preço médio de um cartão brasileiro foi US$ 6,54. Mais da metade (137.995) de todos os cartões de pagamento descobertos vindo do Brasil foram Mastercard, seguidos por Visa (79.279) e Elo (6.215).


Entre os achados relacionados aos 140 países analisados, em média, os dados de um cartão de pagamento hackeado custam menos de US$ 10, e os hackers têm milhões deles prontos para vender. Os cartões Visa foram os mais comuns, seguidos por Mastercard e American Express. Os cartões de débito eram mais comuns do que os cartões de crédito nos mercados pesquisados pelos pesquisadores independentes.


Cartões de débito hackeados colocam suas vítimas em maior risco porque tendem a contar com menores proteções para o débito. Os pesquisadores encontraram 1.561.739 conjuntos de detalhes de cartões à venda na dark web dos Estados Unidos durante a pesquisa. Isso era muito mais do que qualquer outro lugar. Mas isso não significa necessariamente que as pessoas nos Estados Unidos correm mais risco. A Turquia, por exemplo, tinha menos da metade dos cartões per capita dos EUA, mas a alta proporção de cartões não reembolsáveis dá à Turquia um Índice de Risco mais alto.


O índice de risco é baseado em um cartão por pessoa, portanto, quanto mais cartões você tiver, maior será a probabilidade de um deles ser hackeado! Isso é particularmente um problema nos Estados Unidos, onde há mais cartões em circulação por pessoa, mas também é algo que os europeus precisam estar cientes.


Fonte: Convergência Digital – Segurança.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo