LARANJO.png

BLOG

OFICIAL

perfil.png

Você pode entrar ou cadastrar uma conta no botão ao lado para interagir com os posts!

Engajamento de colaboradores: conheça 6 dicas infalíveis

A empresa dos seus sonhos conta com funcionários super engajados, que sempre buscam fazer o trabalho da melhor forma possível e realmente se preocupam, não apenas com os resultados, mas também com os colegas e com a empresa em si?

Pois saiba que esse sonho pode se tornar realidade se algumas mudanças forem colocadas em prática.

Muito além dos pequenos prêmios e festas de confraternização, hoje, os colaboradores querem trabalhar em um ambiente onde se sintam bem e sejam reconhecidos. Para isso, é necessário que a relação entre o empregador e o empregado seja uma via de mão dupla.

Segundo Priscila Aguiar, psicóloga e integrante do setor de RH do Grupo Skill, “O engajamento é a chave para a satisfação e retenção do profissional na instituição. O colaborador que percebe sua importância na empresa, passando por um desenvolvimento e reconhecimento profissional, torna-se mais produtivo, comprometido com suas tarefas e motivado”.

Agora você deve estar se perguntando: “Mas o que devo fazer para que isso aconteça?”. Bem, esse é um trabalho que engloba diversos setores, como endomarketing e recursos humanos.

Aqui você conhecerá 6 dicas que vão te ajudar (e muito) a transformar a sua empresa em um lugar onde todos gostariam de trabalhar.

1. Una as equipes

Um dos melhores meios para se criar um ambiente de trabalho menos estressante e mais eficiente é integrar as equipes de áreas diferentes. Além da descontração, essa medida pode gerar um intercâmbio de ideias, benéfico para todos.

Portanto, promova atividades que aproximem o pessoal, como almoços, happy hours e festas temáticas. Além disso, atividades de cunho social, como ações voluntárias em prol de uma causa comum, também podem fortalecer o senso de coletividade.

O Grupo Skill, por exemplo, organiza Comissões de Responsabilidade que propõem ações conjuntas, interna e externamente. Esse projeto resultou eu uma maior união entre profissionais de diversas áreas que antes não tinham muito contato.

2. Proporcione qualidade de vida

O bem-estar de seu funcionário é muito importante, por isso, crie medidas que estimulem um estilo de vida saudável. Algumas empresas disponibilizam frutas para os colaboradores e oferecem condições favoráveis para aqueles que decidem ir trabalhar de bicicleta, por exemplo.

O Grupo Skill conta com uma Comissão de Qualidade de Vida formada por funcionários, que já organizou diversas ações para melhorar o cotidiano no trabalho, como palestras sobre temas relevantes e sorteio de prêmios em datas especiais.

Segundo os integrantes da Comissão, o objetivo é “propor ações que visam, justamente, melhorar o engajamento de todos os profissionais através de situações que, em alguns momentos foquem na interação de todos, em outros no bem estar pessoal”.

As iniciativas funcionaram tão bem, que algumas já se tornaram permanentes, como a casual friday e a entrega semanal de frutas.

Outra questão importante é a saúde mental. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de casos de depressão cresceu 18% nos últimos dez anos. Só aqui no Brasil, 11,5 milhões de pessoas foram diagnosticadas com essa doença, que já é considerada a mais incapacitante do mundo. Sendo assim, que tal oferecer assistência psicológica para os seus empregados?

3. Escute sugestões

Construa um ambiente onde todos se sintam confortáveis para trazer sugestões e novas ideias. Isso faz com que o funcionário se enxergue como parte fundamental da empresa e também pode resultar em soluções que você e os gestores não conseguiriam propor. Então, estabeleça meios por onde isso possa ser feito, como caixas de sugestões e reuniões quinzenais ou mensais.

Diana Queiroz, gestora do setor de RH do Grupo Skill, dá um bom exemplo de como essa dica pode ser aplicada. “Uma prática realizada aqui na empresa é o encontro com a presidência, onde os profissionais podem fazer perguntas, conhecer melhor o comando e dar sugestões de melhorias para a empresa.”

Além disso, não se esqueça de dar os créditos devidos ao funcionário que propôs a ideia, caso ela seja colocada em prática, incentivando os colegas a seguirem o exemplo.

4. Ofereça oportunidades de crescimento e desenvolvimento

Antes de tudo, para que esse item seja possível, você deve conhecer o seu funcionário desde o momento de sua contratação. É imprescindível saber qual seu perfil e suas aspirações profissionais para que eles estejam de acordo com os da empresa.

Possuir um plano de carreira é um bom modo de dar segurança e alinhar expectativas com os colaboradores. Com isso, você dá mais um bom motivo para que eles busquem cursos de atualização e aprimoramento em sua área de atuação.

5. Estabeleça boas lideranças

Outro ponto com grande influência sobre os colaboradores são as lideranças. Aquele antigo modelo de chefia, no qual a hierarquia era muito rígida e presente, já não funciona. Hoje é necessário que os gestores estejam próximos e demonstrem empatia pelos demais funcionários, dando espaço de fala e entendendo suas demandas.

Lembre-se que um bom líder conhece o potencial de seus subordinados, sabe delegar tarefas, faz críticas construtivas e elogia o trabalho bem executado.

Viviam Posterli, Vice-Presidente Operacional do Grupo Skill, aponta a liderança como uma das chaves para o engajamento. De acordo com ela, muitas vezes cabe ao comando ser o exemplo e fazer com que o colaborador se sinta, e seja, parte importante da empresa.

6. Apoie o desenvolvimento da vida pessoal

Muitas pessoas começam em um novo emprego com certo medo de não ter espaço para se dedicar a vida pessoal e constituir uma família, por exemplo, e isso as impede de projetar um futuro na empresa.

Essa preocupação atinge principalmente as mulheres. Uma pesquisa recente realizada pela Catho revelou que 52% delas relatam já ter passado por constrangimentos durante a gravidez ou após a licença-maternidade.

Por isso, estabeleça uma política favorável para funcionários que já têm ou pretendem ter filhos, deixando claro que isso não os impedirá de crescer profissionalmente.

https://gruposkill.com.br

#bemestar #Colaboradores #equipe

1 visualização0 comentário