Final de ano, festa da empresa
22/12/2017


Veja como manter a compostura

Pronto, chegou o período das confraternizações de final de ano das empresas, hora de se reunir com os colegas fora do ambiente de trabalho, encontrar e/ou conhecer pessoas de outros departamentos e até estreitar os laços de networking. Essas ocasiões são especiais porque chefes, gerentes e demais funcionários compartilham a mesma comida, bebida e ambiente de diversão.

E é exatamente aí que mora o perigo. Mesmo o ambiente sendo descontraído e fora da local de trabalho, não dá para exagerar. Sim, algumas coisas mudam, afinal há a presença de bebidas alcoólicas, música e animação. Porém, é preciso manter a compostura para que todo o esforço profissional exigido durante o ano não se perca em alguns minutos.

Para ajudar nessa tarefa, o Terra entrevistou a consultora de etiqueta social e empresarial Célia Leão, que indicou 10 comportamentos que se deve ter nesses eventos. Confira:

1 - Participar do amigo secreto e entrar no clima, com bilhetes divertidos e de bom gosto
"É bacana participar da brincadeira, descobrindo o que o colega da empresa gostaria de ganhar. Esse tipo de confraternização aproxima as pessoas. Os bilhetes e as brincadeiras devem ser de bom gosto. O que costumo chamar de humor refinado. Não dá para criar um clima e constranger quem você tirou."

2 - Se apresentar aos executivos da empresa que ainda não conhecem você pessoalmente
"Essa é uma atitude importante, mas tem de ser feita sem forçar a barra. Deve-se simplesmente falar: prazer em conhecê-lo. É bom elogiar a pessoa, mas de forma genuína, causando boa impressão. É terrível quando se subestima a capacidade de entendimento dos outros. Se o elogio não for genuíno percebe-se que a pessoa é puxa-saco. O "baba-ovo" não é sincero e todo mundo percebe isso."

3 - Comer e beber moderadamente tudo o que lhe for servido
"É muito feio ser esganado. Claro que não é pecado beber o que esta lá, afinal a empresa está oferecendo bebidas alcoólicas. Você não vai ser julgado por beber, mas não pode exagerar."

4 - Socializar com pessoas de outros departamentos
"É uma ótima oportunidade de fazer networking e de criar vínculos com pessoal que você não conhecia. Isso pode até facilitar a resolução de problemas profissionais que não estejam necessariamente ligados à sua área."

5 - Caprichar na produção para a festa
"Para ir à festa, pode-se maquiar um pouco mais, usar um perfume mais sofisticado, uma camisa bacana. Afinal, é uma festa coorporativa e caprichar na produção significa que esta dando importância à festa. E também vai sair da sisudez do dia a dia e do ambiente de trabalho, mas não pode errar na mão."

6 - Agradecer e curtir o presente que você ganhar, não importa o que tenha sido
"Se você não gostou do presente, não deve dar na cara. Seu amigo secreto comprou o presente pensando em você e se preocupou com o que levar. Então, não perca a esportiva e leve a situação com bom humor."

7 - Saber chegar e ir embora na hora certa
"Duas ou três horas de festa está ótimo, depois o clima começa a pesar. É preciso chegar na hora marcada, participar, dançar sem exageros e ir embora num horário razoável."

8 - Ser solidário e levar para casa aquele colega sem noção que passou dos limites da bebida
"Isso é senso de equipe, você não queimou sua imagem, não bebeu muito e está inteiro, mas percebe que alguém não teve o mesmo cuidado. Assim, não deixe que ele se exponha. Ele vai agradecer depois."

9 - Sair com elegância de uma cantada que alguém inadequadamente lhe passou
"Finge que não ouviu, dá aquele sorriso de que não entendeu. Não é a melhor estratégia, mas para a festa é uma boa solução. E para sair da situação, o ideal é ficar longe da pessoa. Como? Uma dica: acene para alguém que não existe, como se estivesse longe, pede licença, fala que estão te chamando e sai."

10 - Comparecer sozinho à festa se o convite foi feito só para você
"Não se pede convite, se recebe. E se a empresa convidou apenas os funcionários, deve-se respeitar. Se tem namorado(a), marido ou esposa invocados é melhor não ir. 

Soube de uma secretária que falsificou o convite para levar o namorado. O cara bebeu, deu vexame e, como tinha ciúmes do chefe dela, passou do limite e acabou brigando com ele. Resultado: a moça perdeu o emprego."

Fonte: Terra.
http://www.crcsp.org.br

Martello Contabilidade - Rua Emiliano Ramos, 439 - Centro - Lages, Santa Catarina

Receba nossas novidades por e-mail!